Sesau prossegue cooperação técnica em 20 municípios para melhorar indicadores de saúde

Documento irá fortalecer procedimentos por meio de diagnósticos precisos e tratamentos efetivos, como, por exemplo, o teste rápido de HIV e sífilis

Para assegurar que os municípios promovam ações de saúde integrando a Atenção Básica e a Vigilância Epidemiológica, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) está monitorando o Termo de Cooperação Técnica. A ação está ocorrendo em 20 municípios alagoanos prioritários, que necessitam melhorar os indicadores em relação a dez doenças, segundo dados epidemiológicos. 

 

Nesta quinta-feira (29), técnicos da Sesau irão até Tanque D’Arca monitorar as ações implementadas pela Secretaria Municipal de Saúde. No município, a equipe do Estado irá conferir o que está sendo desenvolvido pela gestão municipal para modificar o perfil epidemiológico da tuberculose, hanseníase, AIDS, leishmaniose, hepatites virais, sífilis congênita, diarreia, esquistossomose, hipertensão e diabetes.

 

Para Ednalva Araújo, coordenadora do Projeto de Cooperação Técnica da Sesau, o Termo de Cooperação Técnica veio para unir todas as áreas da Atenção Básica com a Vigilância em Saúde. Com isso, os indicadores tendem a melhorar, uma vez que as duas equipes passam a trabalhar de forma integrada.

 

“O documento firmado pelos municípios irá fortalecer a Atenção Primária, com o intuito de reverter esses indicadores, por meio de diagnósticos precisos e tratamentos efetivos. Entre as doenças que estão recebendo um tratamento diferenciado está a sífilis, sobre a qual os profissionais de saúde são aconselhados a realizarem o teste rápido para o diagnóstico precoce, em especial as gestantes, para evitar transmissão da sífilis congênita para o bebê”, destacou a coordenadora.

 

Ednalva Araújo ainda ressalta que já foram monitorados 12 municípios dos 20 que assinaram o Termo de Cooperação Técnica e a Sesau tem encontrado uma boa receptividade por parte dos secretários municipais de saúde. “A metodologia de trabalho desenvolvida pela Sesau está sendo bem aceita pelos gestores de saúde municipais e pelos próprios profissionais. Prova disso é que, quando voltamos para fazer a etapa de monitoramento, conseguimos perceber que estão acontecendo mudanças nos indicadores”, salientou.

 

Os municípios que assinaram o Termo de Cooperação Técnica e já estão em fase de monitoramento pela equipe da Sesau são: Marechal Deodoro, Cacimbinhas, Atalaia, Santana do Mundaú, São José da Tapera, União dos Palmares, Capela, São José da Laje, Quebrangulo, Pão de Açúcar, Rio Largo, Olho d'Água das Flores, Mata Grande, Murici, Pilar, Branquinha e Tanque d'Arca.

 

Fonte: http://www.agenciaalagoas.al.gov.br/noticia/item/9188-sesau-prossegue-cooperacao-tecnica-em-20-municipios-para-melhorar-indicadores-de-saude

 


Siga-nos nas redes sociais

BT Twitter Feeds