Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Haddad pede cautela em relação a PIB do primeiro trimestre

Planejamento admite possibilidade de crescimento maior que estimativas

O crescimento de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) no primeiro trimestre está em linha com as projeções do Ministério da Fazenda, disse, na tarde desta quinta-feira (1º), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Embora o número tenha vindo acima de estimativas do mercado financeiro, Haddad pediu cautela e disse que os dados foram inflados pelo desempenho do agronegócio.

O ministro pediu foco no desempenho da economia em 2024, para que o país possa iniciar o próximo ano criando empregos em um cenário provável de queda de juros. “Precisamos começar a pensar em 2024 para manter a economia gerando emprego. Precisamos ter clareza de que temos uma oportunidade muito boa, com inflação controlada e juros futuros caindo bastante sensivelmente”, declarou o ministro.

Segundo Haddad, a combinação de emprego e inflação em queda abre uma “janela importante” para o Banco Central (BC) reduzir os juros nos próximos meses. O ministro almoçou nesta quarta-feira com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, em um compromisso não informado nas agendas dos dois.

Haddad evitou cravar o momento que considera ideal para que o BC comece a reduzir os juros básicos. “Minha opinião já é conhecida”, afirmou. Segundo ele, o Ministério da Fazenda está fazendo a sua parte com a aprovação do novo arcabouço fiscal e com o compromisso de reduzir o déficit primário (resultado negativo nas contas do governo sem os juros da dívida pública).

“O esforço fiscal continuará sendo feito até o fim do ano para garantir os resultados do novo marco fiscal. Tudo isso vai se combinando para entrarmos em um ciclo de desenvolvimento sustentável”, acrescentou o ministro. Haddad disse ter conversado com Campos Neto sobre uma possível mudança no regime de metas de inflação.

No próximo dia 29, o Conselho Monetário Nacional (CMN) definirá a meta de inflação para 2026 e revelará se mantém as metas para 2024 e 2025, fixadas em 3%, com margem de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo.

Planejamento

O pedido de cautela de Haddad contrasta com as previsões do Ministério do Planejamento. Em nota, a pasta informou que o desempenho do PIB no primeiro trimestre indica que a economia pode crescer mais que o previsto pelo mercado financeiro neste ano.

“Se não houver elevação da atividade para os outros trimestres em 2023, o PIB brasileiro vai crescer pelo menos 2,3%, superando significativamente a projeção de mercado”, informou o Planejamento em nota. Vítima de covid-19, a ministra Simone Tebet está de repouso nesta quinta-feira.

A nota do Planejamento destacou que o crescimento do PIB no primeiro trimestre é o maior desde o último trimestre de 2020, quando a economia começava a recuperar-se do início da pandemia de covid-19. Além do resultado do setor agropecuário, que teve o maior crescimento desde 1996, a pasta ressaltou a recuperação do setor de serviços, que cresce há 11 trimestres seguidos e tem desempenho 6,5 ponto percentual a mais que no início da pandemia.

No primeiro trimestre, o setor agropecuário cresceu 21,6% e o de serviços avançou 0,6% no trimestre. O destaque negativo foi a indústria, que recuou 0,1%, com retração pelo segundo trimestre consecutivo.

Fonte: Agência Brasil

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

Agricultores familiares de 322 Municípios receberão Garantia-Safra neste mês de abril

Agricultores familiares de 322 Municípios receberão Garantia-Safra neste mês de abril

Municípios dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe foram contemplados com o Programa Garantia-Safra. Ao todo, 322 Entes locais

CGU apura desvio de recursos federais na prestação de serviços em Miguel Alves (PI)

CGU apura desvio de recursos federais na prestação de serviços em Miguel Alves (PI)

Operação 45 graus, com a Polícia Federal, investiga contratação de empresa de agente público do município para manutenção e conservação de ar-condicionado Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta sexta-feira (19/04),

Atenção: prazo para envio da VTN se encerra dia 30 de abril

Atenção: prazo para envio da VTN se encerra dia 30 de abril

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) pede atenção aos gestores para a obrigatoriedade do envio das informações do Valor da Terra Nua (VTN) pelos Municípios, conforme a Instrução Normativa 1877/2019. O

CGU aplica sanções a envolvidos em negociação ilícita de registros sindicais no Ministério do Trabalho

CGU aplica sanções a envolvidos em negociação ilícita de registros sindicais no Ministério do Trabalho

Nove agentes públicos, à época altas autoridades dos quadros da Administração, receberam as penalidades de destituição do cargo que ocupavam e demissão Controladoria-Geral da União (CGU) aplicou sanções de destituição

Acordo de cooperação agiliza análise de editais de licitação pelo TCU

Acordo de cooperação agiliza análise de editais de licitação pelo TCU

Acesso a banco de dados do Ministério da Gestão e Inovação possibilita recorde de fiscalização e evita prejuízo potencial de R$ 670 milhões em 12 meses A parceria entre o Tribunal de

CNM alerta para mudanças no CBO de agentes comunitários de saúde

CNM alerta para mudanças no CBO de agentes comunitários de saúde

Nos últimos dias, a área técnica de Saúde da Confederação Nacional de Municípios (CNM) vem recebendo ligações a respeito de dúvidas por conta da Portaria 1.546 da Secretaria de Atenção Especializada à