Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Municípios em situação de emergência devido a síndrome respiratória grave podem receber incentivo financeiro

Municípios que decretaram situação de emergência devido à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) podem receber incentivo financeiro de custeio para atendimento das crianças no âmbito da Atenção Média  e Alta Complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida, de caráter excepcional e temporário, foi anunciada na Portaria 756/2023

O incentivo financeiro de custeio será disponibilizado no Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde. Pode receber o incentivo, o Município que declarar situação de emergência em saúde pública em virtude da SRAG; e que tenha solicitação deferida. O deferimento está condicionado à disponibilidade financeiro-orçamentária do Ministério da Saúde.

Para receber o repasse, o gestor municipal deve solicitar o recurso por meio do Sistema de Apoio à Implementação de Políticas em Saúde (SAIPS). No ato da requisição, o Município deve encaminhar documentos como: ofício do gestor ao Ministério da Saúde, contendo a apresentação da condição de saúde municipal, estadual ou do Distrito Federal; as informações sobre a capacidade instalada e o número de leitos a serem ampliados e/ou convertidos por     Município (IBGE) e por estabelecimento de saúde (SCNES); e a taxa de ocupação e indicação de espera para leitos de Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) e para leitos de Suporte Ventilatório Pulmonar Pediátrico (SVP-P).

Além disso, o gestor deve anexar o Plano de Ação Estadual de Enfrentamento à SRAG Pediátrica, aprovado pela Comissão lntergestores Bipartite (CIB); o decreto de declaração da situação de emergência em saúde pública do Município, do Estado ou do Distrito Federal; e a declaração do gestor sobre a existência de equipamentos e recursos humanos disponíveis para o funcionamento dos leitos a serem ampliados ou convertidos.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reforça aos Municípios a importância do fortalecimento das ações de mobilização da comunidade para diminuir a circulação dos vírus respiratórios na população em geral, com a finalidade de proteção das crianças. Entre as recomendações, a entidade lembra algumas orientações que podem ser abordadas junto à sociedade, como a lavagem das mãos com água e sabão de forma frequente; a importância de se cobrir o nariz e boca quando espirrar ou tossir; ventilar os ambientes; manter a caderneta de vacinação em dia; fazer a desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares, brinquedos, maçanetas, corrimões e outros; além de quando sintomáticos respiratórios, evitar os abraços, apertos de mãos e beijos no rosto, entre outras medidas.

Fonte: Agência CNM de Notícias

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

Operação Plenitude investiga contratação, por entes públicos no Estado, de empresa suspeita da prática de lavagem de dinheiro e fraude em licitação AControladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira (30/04),

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

Operação Alquimia II investiga contratos para o fornecimento de peças e serviços automotivos, decorrentes de pregões e adesões a registro de preços A Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

Até o dia 31 de maio os municípios que receberam os recursos da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) devem *organizar o seu Plano Anual de Aplicação

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Mesmo com a ampliação para todas as pessoas acima de 6 meses, o ministério alerta para proteção dos grupos mais vulneráveis, como gestantes, puérperas, idosos e menores de 5 anos

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Após questionamentos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acerca do pagamento da competência de abril da folha de pagamento de Municípios, a Receita Federal do Brasil (RFB) publicou esclarecimentos nesta

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Está disponível o cronograma para execução das emendas individuais 2024, na modalidade transferências especiais, no Transferegov.br. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que neste momento os gestores municipais devem