Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

PF investiga fraudes em compras durante intervenção federal no Rio 

Operação Perfídia faz busca e apreensão no Rio, São Paulo, Minas e DF

Policiais federais fazem nesta terça-feira (12) uma operação contra fraudes na compra de coletes balísticos pelo Gabinete de Intervenção Federal (GIF) na Segurança Pública do Rio de Janeiro, ocorrida em 2018. Segundo a Polícia Federal (PF), foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão nos estados do Rio, de São Paulo e Minas Gerais, além do Distrito Federal. 

Investigações da PF apontaram indícios de conluio entre a empresa norte-americana CTU Security LLC e servidores públicos federais, que resultaram na dispensa de licitação e possível sobrepreço na compra dos equipamentos de segurança.

Estão sendo investigados os crimes de patrocínio de contratação indevida, dispensa ilegal de licitação, corrupção ativa e passiva e organização criminosa. O Tribunal de Contas da União identificou, segundo a PF, sobrepreço potencial de R$ 4,64 milhões em uma compra com valor total de US$ 9,45 milhões (cerca de R$ 40 milhões no câmbio da época).

O pagamento foi feito no dia 23 de janeiro de 2019, mas acabou sendo estornado em setembro daquele ano, depois de suspensão do contrato pelo TCU. 

A ação desta terça-feira, chamada de Operação Perfídia, investiga ainda o envolvimento de duas empresas brasileiras que atuam no comércio de proteção balística e que formam um cartel desse mercado no Brasil, com contratos públicos milionários. 

O GIF foi um órgão criado pelo governo federal para coordenar a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio, que durou de fevereiro a dezembro de 2018. Além de ter o controle operacional das polícias estaduais, o gabinete fez diversas compras de equipamentos para essas instituições.

Fonte: Agência Brasil

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

Agricultores familiares de 322 Municípios receberão Garantia-Safra neste mês de abril

Agricultores familiares de 322 Municípios receberão Garantia-Safra neste mês de abril

Municípios dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe foram contemplados com o Programa Garantia-Safra. Ao todo, 322 Entes locais

CGU apura desvio de recursos federais na prestação de serviços em Miguel Alves (PI)

CGU apura desvio de recursos federais na prestação de serviços em Miguel Alves (PI)

Operação 45 graus, com a Polícia Federal, investiga contratação de empresa de agente público do município para manutenção e conservação de ar-condicionado Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta sexta-feira (19/04),

Atenção: prazo para envio da VTN se encerra dia 30 de abril

Atenção: prazo para envio da VTN se encerra dia 30 de abril

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) pede atenção aos gestores para a obrigatoriedade do envio das informações do Valor da Terra Nua (VTN) pelos Municípios, conforme a Instrução Normativa 1877/2019. O

CGU aplica sanções a envolvidos em negociação ilícita de registros sindicais no Ministério do Trabalho

CGU aplica sanções a envolvidos em negociação ilícita de registros sindicais no Ministério do Trabalho

Nove agentes públicos, à época altas autoridades dos quadros da Administração, receberam as penalidades de destituição do cargo que ocupavam e demissão Controladoria-Geral da União (CGU) aplicou sanções de destituição

Acordo de cooperação agiliza análise de editais de licitação pelo TCU

Acordo de cooperação agiliza análise de editais de licitação pelo TCU

Acesso a banco de dados do Ministério da Gestão e Inovação possibilita recorde de fiscalização e evita prejuízo potencial de R$ 670 milhões em 12 meses A parceria entre o Tribunal de

CNM alerta para mudanças no CBO de agentes comunitários de saúde

CNM alerta para mudanças no CBO de agentes comunitários de saúde

Nos últimos dias, a área técnica de Saúde da Confederação Nacional de Municípios (CNM) vem recebendo ligações a respeito de dúvidas por conta da Portaria 1.546 da Secretaria de Atenção Especializada à