Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Mecanização do campo e fundo garantidor ampliam as oportunidades para agricultores familiares

Divulgação/MDA

Plano Safra tem o objetivo de potencializar a produção, permitindo que agricultores produzam mais com menos esforço e, ao mesmo tempo, contribuam para a redução do êxodo dos jovens no campo

Lançado na quarta-feira (3/7), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2024/2025 traz incentivos para os agricultores e agricultoras familiares, como a mecanização do campo e a criação de fundos garantidores que visam facilitar o acesso ao crédito para financiamento de máquinas agrícolas de pequeno porte. Esses novos recursos são essenciais para potencializar a produção, permitindo que os agricultores produzam mais com menos esforço e, ao mesmo tempo, contribuam para a redução do êxodo dos jovens no campo.

José Melchior, agricultor de Goiás, e Hélder Batista Silva, de 17 anos, estudante da Escola Família Agrícola de Natalândia, em Minas Gerais, expressaram otimismo com os novos incentivos. Hélder, que pretende seguir os passos do avô no campo após concluir sua formação como técnico agropecuário, destaca a importância da qualificação e dos recursos tecnológicos. “Pretendo fazer uma faculdade e seguir os passos dos meu avô no campo, com qualificação”, afirma.

Melchior salienta a necessidade de um trator pequeno para as propriedades do campo, que execute os serviços sem danificar o solo. Ele acredita que, com o Fundo Garantidor, o acesso às máquinas adequadas será facilitado, reduzindo o trabalho penoso e aumentando a renda, assim incentivando a permanência dos jovens no campo.


“A máquina trabalhando, ela se paga. Com o Fundo Garantidor, e conseguindo ter acesso a essas máquinas, vai diminuir o serviço penoso e gerar mais renda, o que fará com que os jovens queiram permanecer no campo”, comenta Melchior


Heidi Seidler, sócia de uma indústria de serrarias portáteis em Brasília, também compartilha sua experiência com máquinas simples e de fácil uso destinadas a pequenas comunidades que fazem manejo florestal ou plantam sua madeira. Ela destaca que a empresa ensina os comunitários a operarem as máquinas, agregando valor à madeira e melhorando a vida das comunidades. “No Amazonas, quase todas as comunidades que fazem manejo florestal comunitário têm a nossa máquina. Para pequena escala, várias pessoas se unem e compram a máquina de forma comunitária, o que facilita seu uso e pagamento”, explica.

Para marcar o lançamento do Plano Safra, foi instalada na Praça dos Três Poderes uma mostra com 45 máquinas agrícolas de pequeno porte, destacando-se pela diversidade e inovação tecnológica. O Plano visa facilitar o acesso a soluções práticas e eficientes, promover o aumento da produtividade, reduzir custos operacionais e contribuir para o desenvolvimento sustentável das propriedades rurais. Além disso, a exposição busca fomentar a troca de conhecimentos entre os participantes e estimular a adoção de tecnologias que possam transformar a realidade do campo brasileiro.

Com a implementação dos novos incentivos do Plano Safra da Agricultura Familiar 2024/2025, espera-se que os agricultores familiares possam contar com mais recursos e tecnologias para melhorar suas práticas agrícolas, fortalecer suas comunidades e garantir um futuro mais promissor para as próximas gerações no campo.

Link: https://www.gov.br/mda/pt-br/noticias/2024/07/novos-incentivos-do-plano-safra-2024-2025-prometem-mais-produtividade-e-renda-na-agricultura-familiar-2

Fonte: Associação dos Municípios Alagoanos

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

Objetivo é apurar a prática de corrupção e lavagem de dinheiro. Em razão da existência de autoridades com prerrogativa de foro, as ordens foram emitidas pelo STJ Controladoria-Geral da União

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Mapeamento do setor identificou 15 planos, estratégias ou programas associados, com total de recursos alocados em torno de R$ 15 bilhões O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou, na

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

Operação Santa Rota constata irregularidades em licitação para contratação de transporte escolar no município, com desvio de recursos em torno de R$ 3 milhões Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Mecanização do campo e fundo garantidor ampliam as oportunidades para agricultores familiares Divulgação/MDA Plano Safra tem o objetivo de potencializar a produção, permitindo que agricultores produzam mais com menos esforço

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

O Tribunal de Contas de Alagoas(TCE/AL), prorrogou em caráter excepcional e impostergável, o prazo de entrega da quinta remessa do calendário de 2024 do Sistema Integrado de Auditoria Pública (SIAP).

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

O Plenário do Senado promoveu, nesta terça-feira (2), a primeira sessão de discussão da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelece medidas para aliviar as contas dos municípios. A PEC