Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

CGU, PF e Receita apuram crimes na execução de despesas em Pernambuco

Operação Dilúvio investiga fraudes licitatórias, lavagem de dinheiro e organização criminosa com recursos da Saúde, Educação e Assistência Social

Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira (23/05), da Operação Dilúvio. O trabalho é realizado em parceria com a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal (RFB). O objetivo é apurar crimes relacionados à execução de despesas com recursos repassados pelo governo federal, incluindo fraudes licitatórias, lavagem de dinheiro e organização criminosa, nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social em Pernambuco. 

Investigação 

Os trabalhos tiveram origem a partir de requisição da Procuradoria Regional da República dirigida à PF, sobre a qual foram realizadas análises e diligências pelos órgãos envolvidos. 

Observou-se a ocorrência de situações supostamente irregulares referentes a contratações de serviços de manutenção de veículos e de obras realizadas pela Prefeitura de Água Preta (PE) com utilização de recursos federais, incluindo dispensas indevidas de licitação e fraudes em certames licitatórios, bem como que a suposta organização criminosa teria desviado parte dos recursos destinados a essas despesas por meio de atos de lavagem de dinheiro.

Impacto Social 

Os recursos supostamente desviados são originários de repasses federais para aplicação em manutenção de veículos utilizados nas áreas da Saúde, Educação e Assistência Social, podendo comprometer, inclusive, a execução de políticas públicas destinadas ao atendimento de famílias em situação de vulnerabilidade social. 

Desse modo, o trabalho conjunto da CGU e PF contribuirá para a identificação de possível atividade delitiva que pode afetar cerca de 1 milhão de pessoas, uma vez que a empresa investigada atua em ao menos 11 municípios do estado de Pernambuco.

Diligências 

A Operação Dilúvio consiste no cumprimento de mandados de busca e apreensão (25), quebra de sigilo fiscal (30), quebra de sigilo bancário (30) e afastamento de sigilo telemático (11). As diligências acontecem nos municípios pernambucanos de Água Preta, Cabo de Santo Agostinho, Catende, Escada, Gravatá, Jaboatão dos Guararapes, Joaquim Nabuco, Olinda, Palmares, Paulista, Recife, São Joaquim do Monte e Tamandaré. 

O trabalho de campo conta com a participação de 137 policiais federais, oito auditores da Receita Federal e quatro auditores da CGU. Os investigados poderão responder por crimes como os de estelionato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. 

A CGU, por meio da Ouvidoria-Geral da União (OGU), mantém o canal Fala.BR para o recebimento de denúncias. Quem tiver informações sobre esta operação ou sobre quaisquer outras irregularidades, pode enviá-las por meio de formulário eletrônico. A denúncia pode ser anônima, para isso, basta escolher a opção “Não identificado”. 

O cadastro deve seguir, ainda, as seguintes orientações: No campo “Sobre qual assunto você quer falar”, basta marcar a opção “Operações CGU”; e no campo “Fale aqui”, coloque o nome da operação e a Unidade da Federação na qual ela foi deflagrada.

Fonte: CGU Notícias

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

Operação Plenitude investiga contratação, por entes públicos no Estado, de empresa suspeita da prática de lavagem de dinheiro e fraude em licitação AControladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira (30/04),

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

Operação Alquimia II investiga contratos para o fornecimento de peças e serviços automotivos, decorrentes de pregões e adesões a registro de preços A Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

Até o dia 31 de maio os municípios que receberam os recursos da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) devem *organizar o seu Plano Anual de Aplicação

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Mesmo com a ampliação para todas as pessoas acima de 6 meses, o ministério alerta para proteção dos grupos mais vulneráveis, como gestantes, puérperas, idosos e menores de 5 anos

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Após questionamentos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acerca do pagamento da competência de abril da folha de pagamento de Municípios, a Receita Federal do Brasil (RFB) publicou esclarecimentos nesta

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Está disponível o cronograma para execução das emendas individuais 2024, na modalidade transferências especiais, no Transferegov.br. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que neste momento os gestores municipais devem