Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Governo de Alagoas decreta situação de emergência em 29 municípios

Paulo Dantas conversa com ministros, se reúne com prefeitos e anuncia socorro às vítimas

Carlos Nealdo / Agência Alagoas

O governador de Alagoas, Paulo Dantas, decretou neste sábado (8), situação de emergência em 29 municípios alagoanos em decorrência das chuvas que caem no estado com maior intensidade desde a noite desta sexta-feira (7).

Pela manhã, o governador havia assinado decreto incluindo 22 municípios. Em seguida acrescentou mais sete cidades com pedido de situação de emergência: Cajueiro, Capela, Marechal Deodoro, Penedo, São Miguel dos Campos, Satuba e Viçosa. O decreto de reconhecimento, que vale, em princípio, por um período de 180 dias, também deve ser publicado no Diário Oficial, incluindo os novos municípios.

Esta tarde, Paulo Dantas se reuniu com 17 dos 29 prefeitos que tiveram seus municípios atingidos pelas chuvas, para traçar estratégias que garantam assistência às famílias nos municípios afetados. Na ocasião, o governador ouviu as solicitações e encaminhou algumas delas, deferindo pedido dos prefeitos de Pilar, Renato Filho, e Rio Largo, Gilberto Gonçalves.

“Estou determinando que o Gabinete Civil e a Secretaria de Governo implantem um novo comitê permanente de prevenção às enchentes e trabalhe com os prefeitos diretrizes para minimizar efeitos de fortes chuvas”, informou.

Antes, no início da tarde deste sábado, durante reunião com os secretários de Estado para fazer um balanço dos seis meses de governo, Paulo Dantas disse que informou a situação dos municípios alagoanos aos ministros Waldez Góes (Integração e do Desenvolvimento Regional), Renan Filho (Transportes) e Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome).

“Todos se colocaram à disposição do Estado e dos municípios atingidos fortemente pelas chuvas”, disse, lembrando que o governo federal tem programas que auxiliam os desalojados e desabrigados. “O governador informou que a Secretaria Nacional de Defesa Civil irá enviar técnicos para apoiar às defesas civis municipais na formulação de um plano de emergência”.

Paulo Dantas também informou que o governo de Alagoas vai encaminhar recursos financeiros para os municípios atingidos. Os recursos serão utilizados para compra de kits emergenciais compostos de água potável, colchões e cestas básicas.

Segundo boletim divulgado às 15 horas deste sábado, pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, as chuvas que caem em Alagoas deste sexta-feira atingiram 16.424 pessoas. Desse total, 2.085 estão desabrigadas – ou seja, perderam suas casas – e outras 14.338 tiveram que deixar as suas residências, ficando desalojadas. No município de Junqueiro, uma pessoa morreu.

O levantamento da Defesa Civil informa ainda que Marechal Deodoro é o município com o maior número de pessoas atingidas, com 3.016 no total, sendo 52 desabrigados e outros 2.964, desalojados. Em seguida aparecem São Miguel dos Milagres, com 2.860 pessoas afetadas, União dos Palmares (2.302), Atalaia (1.624), Cajueiro (1.336), Murici (1.200) e Jacuípe (1.040).

Desabastecimento de água

Segundo a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), as chuvas também comprometeram o abastecimento de água em pelo menos 15 municípios no Estado. Em três deles – Jacuípe, Joaquim Gomes e Murici – a situação foi ocasionada por problemas de energia elétrica.

Em outros 12, o abastecimento ficou comprometido devido ao aumento do nível dos rios. Foram eles: Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe, Maceió, Satuba, Rio Largo, Pilar, Messias, Murici, Capela, Maribondo, Novo Lino e Colônia Leopoldina.

A Casal também segue monitorando o abastecimento de água nos municípios de Paulo Jacinto, Quebrangulo, Ibateguara, Jundiá, Campestre e Palmeira dos Índios, onde as chuvas deixaram a companhia em estado de alerta.

Veja a relação de municípios que tiveram situação de emergência decretada pelo governador Paulo Dantas:

Atalaia
Barra de São Miguel
Branquinha
Cajueiro
Capela
Colônia Leopoldina
Coqueiro Seco
Flexeiras
Ibateguara
Jacuípe
Joaquim Gomes
Maragogi
Marechal Deodoro
Matriz de Camaragibe
Murici
Paulo Jacinto
Paripueira
Penedo
Pilar
Quebrangulo
Rio Largo
São José da Laje
Santana do Mundaú
São Luís do Quitunde
São Miguel dos Campos
São Miguel dos Milagres
Satuba
União dos Palmares
Viçosa

Fonte: Defesa Civil

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

Operação Plenitude investiga contratação, por entes públicos no Estado, de empresa suspeita da prática de lavagem de dinheiro e fraude em licitação AControladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira (30/04),

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

Operação Alquimia II investiga contratos para o fornecimento de peças e serviços automotivos, decorrentes de pregões e adesões a registro de preços A Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

Até o dia 31 de maio os municípios que receberam os recursos da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) devem *organizar o seu Plano Anual de Aplicação

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Mesmo com a ampliação para todas as pessoas acima de 6 meses, o ministério alerta para proteção dos grupos mais vulneráveis, como gestantes, puérperas, idosos e menores de 5 anos

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Após questionamentos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acerca do pagamento da competência de abril da folha de pagamento de Municípios, a Receita Federal do Brasil (RFB) publicou esclarecimentos nesta

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Está disponível o cronograma para execução das emendas individuais 2024, na modalidade transferências especiais, no Transferegov.br. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que neste momento os gestores municipais devem