Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Mais de 29 mil famílias alagoanas podem perder o benefício da Tarifa Social por falta de atualização do NIS

Mais de 29 mil famílias alagoanas podem perder o benefício da Tarifa Social por falta de atualização do NIS

Maceió lidera o ranking das cidades com maior número de cadastros pendentes  

A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é uma garantia prevista em lei, por meio de um programa do Governo Federal, para beneficiar famílias baixa renda. Os descontos na conta de luz podem chegar até 65%. Para manter o desconto, clientes devem atualizar, de forma obrigatória, a cada dois anos (ou mais sem atualização) o seu cadastro no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para regularizar a situação. Em Alagoas, mais de 29 mil famílias podem perder o benefício por conta da desatualização do Número da Identificação Social (NIS).

Maceió lidera o ranking das cidades com maior número de cadastros pendentes. Cerca de 4.900 famílias ainda não atualizaram o NIS. A capital vem acompanhada de Arapiraca, com mais de 2.600 registros, e de Palmeira dos índios, com aproximadamente 1.070 desatualizações.

“Ter o NIS válido é fundamental para garantir o recebimento do desconto da Tarifa Social, referente ao consumo de energia elétrica. A atualização cadastral é obrigatória e deve ser feita a cada dois anos. Mesmo que não haja nenhuma mudança, o recadastramento é necessário e obrigatório para confirmação das informações do cadastro”, ressalta a gerente de relacionamento com o cliente, Patrícia Moraes.

A gerente explica ainda, que para receber o benefício da Tarifa Social, a conta de luz não precisa estar no nome do beneficiário do NIS. O titular do benefício pode informar o número da conta contrato que deseja o cadastro, mesmo que a conta de energia esteja em nome de outra pessoa.

“Muitas famílias que podem receber o benefício ainda não se cadastraram e estão perdendo a oportunidade de ter uma conta de luz mais barata. Por isso, a Equatorial segue realizando a busca ativa, sobretudo com ações em parceria com o estado e o município”, complementa.

Além do atendimento presencial nas agências espalhadas pelo estado, a Equatorial Alagoas disponibiliza diversos canais para o cliente solicitar o cadastro na Tarifa Social sem precisar sair de casa. Por meio da assistente virtual Clara, através do WhatsApp, o número é (82) 2126-9200. Tem ainda a possibilidade de cadastramento ligando para 0800 082 0196, ou por meio do site www.equatorialenergia.com.br.

Sobre a TSEE

Criado pelo Governo Federal para beneficiar famílias com baixa renda, o Programa Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65%. O percentual é gradativo e a apresentação na fatura do cliente é detalhada por faixa de consumo. Quanto menor o consumo, maior o desconto na fatura. Para famílias indígenas e quilombolas que consomem até 50kWh/mês, o desconto é de 100%. Após 220kWh, os clientes pagam o valor normal da tarifa.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Alagoas​

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

Objetivo é apurar a prática de corrupção e lavagem de dinheiro. Em razão da existência de autoridades com prerrogativa de foro, as ordens foram emitidas pelo STJ Controladoria-Geral da União

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Mapeamento do setor identificou 15 planos, estratégias ou programas associados, com total de recursos alocados em torno de R$ 15 bilhões O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou, na

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

Operação Santa Rota constata irregularidades em licitação para contratação de transporte escolar no município, com desvio de recursos em torno de R$ 3 milhões Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Mecanização do campo e fundo garantidor ampliam as oportunidades para agricultores familiares Divulgação/MDA Plano Safra tem o objetivo de potencializar a produção, permitindo que agricultores produzam mais com menos esforço

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

O Tribunal de Contas de Alagoas(TCE/AL), prorrogou em caráter excepcional e impostergável, o prazo de entrega da quinta remessa do calendário de 2024 do Sistema Integrado de Auditoria Pública (SIAP).

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

O Plenário do Senado promoveu, nesta terça-feira (2), a primeira sessão de discussão da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelece medidas para aliviar as contas dos municípios. A PEC