Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Operação investiga crimes de fraude à licitação, peculato e associação criminosa no Marajó

Agentes da Polícia Civil cumpriram 17 mandados de busca e apreensão e cinco de sequestro de bens e bloqueio de valores

A Diretoria Estadual de Combate à Corrupção da Polícia Civil do Pará (Decor) deflagrou nesta quarta-feira (19), de forma simultânea em três municípios do Arquipélago do Marajó, uma ação para dar cumprimento a 17 mandados de busca e apreensão e cinco de sequestro de bens e bloqueio de valores, referentes a investigações de crimes de fraude à licitação, peculato e associação criminosa, com alvos nos municípios de Breves, Melgaço e Portel.

Segundo o delegado Vicente Leite, titular da Decor, as investigações foram iniciadas em 2017, após requisição do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) apontar indícios de esquema criminoso, que estaria beneficiando empresários sediados em diversos municípios do Marajó por meio de licitações fraudulentas.

“Estamos cumprindo determinações judiciais e investigando crimes contra a administração pública praticados em alguns municípios do Marajó. Durante a ação conseguimos apreender documentos, celulares, computadores, dois veículos de luxo e dinheiro em espécie. As investigações prosseguem com o objetivo de apurar os crimes e identificar as pessoas envolvidas no esquema criminoso”, contou o delegado.

A operação mobilizou 35 policiais civis e contou com o apoio de agentes da Diretoria de Polícia do Interior (DPI). O Núcleo de Inteligência da Polícia Civil (NIP) também deu apoio à investigação. 

O delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende, destacou a importância do trabalho integrado, e informou que todo o material apreendido será periciado e analisado com objetivo de obter mais elementos comprobatórios dos delitos praticados.

“A ação de hoje representa o compromisso da Polícia Civil com a sociedade paraense, cumprindo seu papel de investigar e apurar crimes e infrações penais em todas as regiões do Estado. Com as apreensões e perícias conseguiremos dar celeridade às investigações do caso, e certamente responsabilizar criminalmente os possíveis autores”, concluiu o delegado-geral.

Fonte: Agência Pará

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

CGU, Polícia Federal e Receita Federal apuram desvio de recursos no Pará

Operação Plenitude investiga contratação, por entes públicos no Estado, de empresa suspeita da prática de lavagem de dinheiro e fraude em licitação AControladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira (30/04),

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

CGU e Polícia Federal apuram irregularidades na Prefeitura de Aroeiras (PB)

Operação Alquimia II investiga contratos para o fornecimento de peças e serviços automotivos, decorrentes de pregões e adesões a registro de preços A Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta terça-feira

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

AMA orienta sobre prazo para prestação de contas do PNAB 

Até o dia 31 de maio os municípios que receberam os recursos da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) devem *organizar o seu Plano Anual de Aplicação

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe a partir de 6 meses de idade

Mesmo com a ampliação para todas as pessoas acima de 6 meses, o ministério alerta para proteção dos grupos mais vulneráveis, como gestantes, puérperas, idosos e menores de 5 anos

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Receita Federal explica decisão do STF sobre a desoneração de Municípios; CNM havia pedido esclarecimentos por ofício

Após questionamentos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acerca do pagamento da competência de abril da folha de pagamento de Municípios, a Receita Federal do Brasil (RFB) publicou esclarecimentos nesta

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Transferências especiais: Municípios precisam estar atentos às datas para repasses de 2024

Está disponível o cronograma para execução das emendas individuais 2024, na modalidade transferências especiais, no Transferegov.br. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que neste momento os gestores municipais devem