Licitar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

“Vamos fazer a Ponte de Penedo, o Arco Metropolitano de Maceió e concluir a BR-101/AL”, destaca Renan Filho

Ministro reforçou a importância das obras durante palestra de abertura do Gazeta de Alagoas Summit Mobilidade; estado recebe R$ 1,8 bilhão através do Novo PAC

Facilitar a vida de quem trafega pelas cidades brasileiras é uma das prioridades do Ministério dos Transportes. Isso foi o que sublinhou o ministro Renan Filho, que realizou a palestra de abertura do evento Gazeta Alagoas Summit Mobilidade nesta segunda-feira (17), em Maceió. “Vamos fazer a Ponte de Penedo, o Arco Metropolitano de Maceió e concluir a BR-101/AL. As pessoas não precisarão mais entrar em Maceió. Quem deseja ir de São Miguel dos Campos para o Aeroporto, por exemplo, passará em faixa dupla sem pegar a Fernandes Lima”, destacou o ministro.

Além dos empreendimentos em Alagoas, durante a apresentação Renan Filho ainda mostrou obras de impacto em mobilidade pelo país, apontando trabalhos como o contorno de Florianópolis na BR-101/SC e a duplicação da BR-116/BA em Feira de Santana, além de ações como a recuperação do Complexo de Scharlau no Rio Grande do Sul. A fala reforça o argumento de que as soluções de tráfego passam pela construção de corredores viários, além de ampliação e recuperação de rodovias, especialmente as de maior peso logístico. E ampliar a participação do setor privado nessas obras, observou o ministro, é fundamental para que os projetos sejam viáveis.

“Em 2022 o Governo Federal aplicou R$ 130 milhões em transportes em Alagoas. Em 2023 nós aplicamos R$ 159 milhões. Em 2024 vamos chegar a R$ 478 milhões. O PAC todo prevê R$ 1,8 bilhão para a infraestrutura de transportes em Alagoas no período de 2023 a 2026”, informa Renan Filho. Na avaliação dele, esse investimento no estado “deve fortalecer o turismo e as possibilidades de escoamento da nossa produção e garantir ainda mais crescimento para Alagoas”.

Conclusão de obras prioritárias

Atualmente o Governo Federal conduz quatro obras consideradas prioritárias no estado de Alagoas, incluindo as mencionadas pelo ministro Renan Filho.

Uma delas é a construção da ponte que ligará a cidade alagoana de Penedo à Neópolis, em Sergipe, na rodovia BR-349/AL/SE. Esta obra é uma demanda histórica. As duas cidades estão localizadas na região do Baixo São Francisco, que corta os estados de Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Bahia. O rio São Francisco é um dos principais vetores de desenvolvimento, principalmente do Nordeste do país.

Outras duas obras são a duplicação da BR-316/424/AL, criando o Arco Metropolitano de Maceió e as obras da BR-101/AL, que incluem a construção do Viaduto de Porto Real do Colégio e a duplicação de vários trechos.

“Essas são as principais obras do Estado. Como ministro eu vou terminar 100% a BR-101 em Alagoas, esse é um compromisso que eu tenho com o nosso Estado”, reforçou Renan Filho.

E uma última obra em andamento também mencionada é a pavimentação BR-416 na Serra da Catita, ligando os municípios de Ibateguara e Colônia Leopoldina, além da a recuperação e duplicação da BR-104 na divisa com Pernambuco.

Sobre o evento

O Gazeta Alagoas Summit Mobilidade reuniu líderes dos setores público e privado, acadêmicos e profissionais de infraestrutura do estado e região nordeste. O governador de Alagoas, Paulo Dantas, participou do evento. “Em breve vamos apresentar um plano robusto, que traz sistemas modais integrados e que são capazes de diminuir o trânsito e de facilitar a ida e a vinda do cidadão”, anunciou o governador.

“O papel do governo do estado é central na articulação dos esforços para melhorar a mobilidade urbana de Maceió e da região metropolitana”, acredita Renan Filho.

Por: Ministério dos Transportes (MTR)

Link: https://www.gov.br/transportes/pt-br/assuntos/noticias/2024/06/201cvamos-fazer-a-ponte-de-penedo-o-arco-metropolitano-de-maceio-e-concluir-a-br-101-al201d-destaca-renan-filho-em-evento-sobre-mobilidade-urbana

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

CGU, PF, MPF e Receita deflagram a Operação Casa de Ouro no Mato Grosso do Sul

Objetivo é apurar a prática de corrupção e lavagem de dinheiro. Em razão da existência de autoridades com prerrogativa de foro, as ordens foram emitidas pelo STJ Controladoria-Geral da União

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Políticas públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação precisam de mais transparência, analisa TCU

Mapeamento do setor identificou 15 planos, estratégias ou programas associados, com total de recursos alocados em torno de R$ 15 bilhões O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou, na

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

CGU e Polícia Federal desmontam esquema de fraude na Prefeitura de Santaluz (BA)

Operação Santa Rota constata irregularidades em licitação para contratação de transporte escolar no município, com desvio de recursos em torno de R$ 3 milhões Controladoria-Geral da União (CGU) participa, nesta

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Novos Incentivos do Plano Safra prometem mais produtividade e renda na agricultura familiar

Mecanização do campo e fundo garantidor ampliam as oportunidades para agricultores familiares Divulgação/MDA Plano Safra tem o objetivo de potencializar a produção, permitindo que agricultores produzam mais com menos esforço

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

Atenção: Prorrogação do prazo SIAP 

O Tribunal de Contas de Alagoas(TCE/AL), prorrogou em caráter excepcional e impostergável, o prazo de entrega da quinta remessa do calendário de 2024 do Sistema Integrado de Auditoria Pública (SIAP).

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

PEC que alivia contas dos municípios passa pela primeira sessão de discussão

O Plenário do Senado promoveu, nesta terça-feira (2), a primeira sessão de discussão da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelece medidas para aliviar as contas dos municípios. A PEC